Bandeira BrasilAntes de ser definido o Dia da Consciência Negra, o país passou por inúmeras lutas até que as pessoas começassem a refletir sobre escravidão, direitos e valorização da cultura negra e de sua história. Diversos movimentos negros contra a escravidão, o racismo e a desigualdade social marcaram a história do Brasil, dentre eles, pode-se citar:

  • A resistência dos negros no Quilombo dos Palmares;
  • A Revolta do Malês (1835), realizada na cidade de Salvador, que foi uma revolta de negros muçulmanos que desejavam o fim do catolicismo, da escravidão e a imposição de uma monarquia islâmica;
  • A Revolta da Chibata (1910), realizada no Rio de Janeiro, foi liderada pelo marinheiro João Cândido que era contra os maus tratos da marinha, cujos superiores os castigavam com chibatadas e açoites, etc.

No início da década de 70, o dia 20 de novembro foi escolhido para homenagear o líder e lembrar da história vivida no Quilombo dos Palmares. Um de seus idealizadores foi o gaúcho Oliveira Silveira que fazia parte do Grupo Palmares. Mas, apenas, em 1978, com a criação do Movimento Negro Unificado, a data foi reconhecida nacionalmente.

A partir daí, os negros foram capazes de deixar uma herança cultural no país, como a arte da capoeira, a expansão da dança proveniente da África. Na mídia, filmes foram criados sobre a história do Quilombo dos Palmares, dentre eles estão Quilombo (1984) e Ganga Zumba (1963), produzidos pelo cineasta Cacá Diegues.

Ainda, sua história também foi contada em produções literárias, na música (Apesar de Cigano, de Atay Veloso), como nome de bandas (Nação Zumbi) e outros registros. O nome de Zumbi foi atribuído a vários locais como instituições, ruas, bairros, etc.

Feriado do Dia Nacional da Consciência Negra - 20 de novembro

O Dia Nacional da Consciência Negra foi escolhido como uma homenagem ao líder Zumbi que foi morto no dia 20 de novembro de 1695. A data foi incluída pela lei 10.639/03 no calendário escolar, durante o governo de Luís Inácio Lula da Silva.

Apenas em 2011, com a lei 12.519 foi instituído oficialmente o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra. Tanto no dia, quanto na semana, são realizadas várias atividades e inclusive há a conscientização das pessoas sobre temas relacionados à cultura, à igualdade social e os direitos dos negros. Não é um feriado obrigatório, assim, aderí-lo ou não irá depender de lei municipal.